Bateu asas

Hoje meditei. Preparei tudo, o incenso que eu gosto, luz baixa, persianas fechadas, música relaxante. Sentei e esperei todos os pensamentos se apresentarem a mim. Quem quis aparecer, apareceu. Os problemas urgentes, e os recentes, deram “oi” e seguiram caminho. A alegria de estar em casa, fazendo as pazes com as minhas coisas, veio, me abraçou e ficou. Meus prazeres mais enraizados, antigos, também vieram me ver. Meus últimos sonhos, indecifráveis e estranhos, atravessaram em minha frente. Até que o moço que o recolhe o lixo dos apartamentos do prédio tocou a campainha e mandou todo mundo embora. Mas eu não fiquei nada chateada. Pensei em como eu quero minha casa – e minha vida – organizada, respirei, levantei e resolvi tudo em instantes.

Depois sentei em frente ao computador, mas o que atraiu minha atenção foi um mosquito preso no vidro da minha varanda. Ele tentou sair, tentou, se debateu, se cansou. Acho que ele respirou, se é que mosquito respira, e parou um pouco. Andou pra lá e pra cá, tentou explorar possibilidades. Subiu, parou e ficou lá um tempão. Se mosquito tivesse audição, eu juro que teria se acalmado com a música que eu tava ouvindo e que também me acalmou. E aí eu me senti meio como ele. Não no lugar físico errado, mas num lugar errado, de onde eu queria sair. E como ele, eu também estava parada, respirando, explorando possibilidades. “Não se afobe não, que nada é pra já”, eu diria a ele a frase que repito pra mim de tempos em tempos, pra internalizar que a vida é agora, mas não é só agora. E seja qual for o próximo passo, é preciso respirar, pensar, explorar possibilidades. Há tantas coisas lá na frente. Quais serão elas? Responda quem puder.

PS 1: Devo salvar meu mosquitinho angustiado?

PS 2: A música era essa.

PS 3: Antes de clicar em “publicar”, olhei pro vidro. Ele já tinha ido embora.

6 responses to this post.

  1. Essa minha amiga, sempre tão precisa e profunda com as palavras. Sabe dizer coisas e falar de sentimentos como ninguém. Eu amo esses questionamentos e amo tê-la por perto me ensinando e compartilhando desses momentos, todos os dias! =*

    Responder

  2. Posted by Rejane on 12 de Dezembro de 2011 at 14:55

    Rá! Primeiraaa! rs
    Tem uma frase que gosto muito e que sempre recorro a ela quando estou ansiosa por algum acontecimento, desdobramento de alguma coisa etc: “Amanhã pode acontecer tudo. Inclusive nada.”
    E outra que gosto: “Pra que pressa? Eu não vou na conversa de ninguém. Quem corre cansa. Devagar se alcança o caminho do bem.”
    Venho procurando ter paciência com tudo e com todos.
    “Tudo tem seu tempo determinado. Há tempo para todo o propósito de Deus.”😉

    Responder

  3. Posted by Rejane on 12 de Dezembro de 2011 at 14:57

    ( Pôxa…já não fui a primeira…
    T. Hayne é rápida no gatilho! )

    Responder

  4. Mosquitinho??? Tem certeza de que era um mosquito? Tá parecendo mais um marimbundo (ou seria morimbundo??? Ah! Sei lá!).

    Gostei do texto Nardele! Bem reflexivo e mostra o quão bom é parar, refletir, exercer a autocrítica e analisar as opções que podemos fazer na vida.

    Espero pelos próximos textos.

    Já salvei nos favoritos.

    Abraços!

    Responder

  5. Posted by Jackson Luis on 12 de Dezembro de 2011 at 15:05

    MUITO BONITO!!!!ACHO QUE PRECISAVA LER ISSO HOJE.

    Responder

  6. Posted by budyowsky on 16 de Dezembro de 2011 at 22:48

    de repente voce começou á escrever o poema do mosquito contra a vidraça, e lembrou-me o besouro de j.g de araújo jorge ou os poemas de neruda, sobre a cebola. paris está nevando e te esperando, mas férias só paroano,

    bud.

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: