Archive for Maio, 2011

Dias melhores

Das habilidades que eu tenho, uma das que faço melhor é observar as pessoas. Como elas andam, como se mexem, como falam, isso diz muito sobre quem são. Dirigir e observar então é uma fonte quase sem fim de inspiração. Hoje me peguei ouvindo rádio no caminho pro trabalho e numa dessas tocou Dias Melhores, do Jota Quest. E aquela música se encaixou com a tarde nublada e com as pessoas que eu vi na rua. De repente eu senti como se conhecesse cada uma delas. Suas angústias, principalmente. Pareciam todas tão angustiadas… tão cheias de questões, de dores, de lutas. Acho que estavam todas esperando dias melhores mesmo. O garoto que agradeceu a carona de um senhor, fechou a porta do carro e saiu correndo no meio da rua, acenando para o motorista do ônibus. Pressa, batalha. A senhora de olhar perdido, carregando um saco rasgado, aparentemente pesado, esperando para atravessar uma rua movimentada. A moça que dividia os braços entre bolsa, guarda-chuva, livros e um bebê. O rapaz de andar apressado, desviando de outros tão iguais a ele. Todos correndo. Todos tão sérios, enfrentando suas vidas. Às vezes eu fico pensando como são suas casas. Que histórias têm. Que vitórias saborearam? Que dias melhores eles esperam?

E o mais importante: até quando vão viver apenas esperando dias melhores?

Anúncios