Frases ácidas

Tem algumas frases que eu ouço, que na mesma hora me vem a ideia de colocar no blog. Aliás, blog é um vício. Eu agora praticamente acordo e durmo como se estivesse vivenciado um post. Mas voltando às frases, eu ando copiando algumas delas no celular (meu novo equipamento bloguístico) pra não esquecer. E pretendo listar algumas delas por aqui. A possibilidade de ninguém achar graça é grande, mas é uma questão de satisfação pessoal!

Vamos lá:

– “A altura que a mulher eleva o braço na hora de dançar numa boite, revela o nível de disponibilidade em que ela se encontra. Se dança com os braços à altura dos ombros, está curtindo na dela; se joga ao nível da cabeça está querendo novidades, e se lança os braços para o alto tá fácil, fácil”.

(de Nanci, depois de observar ao redor em uma dessas noites aí).

– “Gente! Nunca mais usei esse vestido!”

(de uma amiga que não vou identificar por motivos óbvios, ao ver uma foto inédita onde ela estava com um ex. Antes de ouvir a pérola, eu cerrei os olhos, porque achei que ela fosse sofrer com as lembranças).

– “Meu deus! Descobri que a vida virou apenas um pretexto para tirar fotos e colocar no facebook!”

(Minha mesmo, ao descobrir que até pra ir ao banheiro de um bar ou andar na calçada pergunto se alguém trouxe “a máquina” – deve ser grave).

“Se eu fosse mais inteligente, seria uma excluída da sociedade!”

(Nanci, depois de uma conversa comigo e Paulinha sobre a incompatibilidade entre ser inteligente e ser feliz, com direito a contos de Voltaire entre uma pipoca e uma jujuba).

“Já tá difícil desse jeito!”

(Eu, ainda sobre o mesmo assunto, e mandando a modéstia pra casa do car*&@#).

11 responses to this post.

  1. Hahaha!
    Amei! Achei ótimo você não ter dito sobre quem foi a pessoa do vestido…
    Até hoje eu penso sobre se pessoas inteligentes são menos felizes… rs!
    Precisamos marcar uma saidinha para desenvolver mais frases acidas!
    bjoooo

    Responder

  2. Ná, preciso de sua ajuda! Coloquei duas mensagens no twitter pra vc. Dê uma olhadinha!
    Bjão!

    Responder

  3. Uhuuuuuu! Tá aí um campo que gosto.
    Muito bom este post. Ri dele tanto quanto do filme “Bastardos Inglórios”. E na hora das conversas, ri ainda mais. Só parei depois que os músculos da barriga pediram arrego.

    Responder

  4. Já que você falou, vou comentar: esse negócio de mulher levantando os braços é batata. O mesmo acontece com o lance de mexer no cabelo. Passou pelo cara e mexeu no cabelo é, nada mais, nada menos, que o sinal pro sujeito mandar ver. Mas o pior é que me parece ser inconsciente isso. Desconfio até que, em determinados momentos, elas até se arrependem de passar as mãos ao cabelo, mas já é tarde… só resta resmungar para si própria: “que droga, mostrei que estou dando mole”. Mas essa coisa de levantar os braços, não. Posso estar errado, mas me parece que é 100% voluntário.

    Beijo.

    Responder

  5. Pedro, como mulher e pessoa que fez este comentário, posso dizer que a levantada de braços não é 100% consciente: tem muito da personalidade aí. As tímidas, por mais que queiram se “armar”, terão dificuldades de fazer os movimentos escandalosos, talvez, por isso, precisem da bebida. Mas a intenção de beber não é a de ser sexy, mas de ser “livre”. As que levantam o braço sem perceber, acham, ingenuamente (ou não), que “estão nem aí para os outros” (isso inclui os homens). Dá pra entender agora porque as mulheres sempre acham que são paqueradas quando estão bem consigo mesmas.
    Resumo: liberdade egóica (seja por bebida, seja por falsa crença) = dança do acasalamento

    Responder

  6. Isso… isso! Levantou o braço, caiu na rede e aí, é peixe! Pedro… vá por nós. O sinal é fortíssimo…! hhaha
    Amiga, não tem uma frase minha! Meu Deus! Bom, se depender da minha inteligência, então, não serei excluída nuncaaa da sociedade!heheh Não é isso, Naka? bjbj

    Responder

    • Posted by nardele on 28 de Outubro de 2009 at 19:22

      Ciumentaaa! Larga de ser tão ciumentaaaaa! Desse jeito nem o Assolan aguentaaaaa!!! hahaha

      Amiga, tenho tantas frases suas que nem sei por onde começar!! Acho que vou fazer sessão só contigo! Isso, isso, isso é legal!

      Responder

  7. Posted by nardele on 28 de Outubro de 2009 at 19:29

    E sobre a polêmica da dancinha com os braços lá em cima, eu gostaria de esclarecer que está é uma observação de Nanci! Eu danço com os braços lá em cima e não necessariamernte isso é recado! hahaha… Ou é, mas é um recado de que eu estou dançando livremente, e as pessoas fazem a leitura equivocada…rs No final das contas, as mulheres que são livres estão necessariamente pra jogo? Eu respondo: nããão!

    Responder

  8. Posted by Nelson on 28 de Outubro de 2009 at 20:40

    Ah…
    Isso mesmo, Nardele! Dando os créditos às frases, hehehe.
    Por sinal, boa dica essa da dança com os braços erguidos.
    Beijo!

    Responder

  9. Dona Nardele, essa liberdade não faz parte de um jogo arquitetado, mas inconsciente (até ser esclarecido aqui, pq quem levantar os braços, agora que isso se tornou público, sabe muito bem o que está fazendo!)

    Elenita, amiguita, quem mandou apresentar a gente? Essa relação entre inteligência e exclusão social foi feita enquanto aguardávamos “Bastardos Inglórios” começar. Nardele não se deu e revelou-se nada humilde. hahahaha

    Responder

  10. Posted by Albérico on 19 de Outubro de 2010 at 18:44

    Nardele estou cada dia mais fã, essas frazes são tudo. Outro dia conversava com algumas colegas de trabalho e elas ficaram impressionadas ao constatarem a verdade das mãos no cabelo, eu que de besta só tenho a cara, já cheguei junto umas poucas vezes me valendo deste mole…

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: